Como lidar com a ansiedade de ir ao dentista?

Atualizado: 15 de mar.

Ansiedade odontológica é medo, ansiedade ou stress associado a um ambiente odontológico. Ter medo de visitar o dentista pode resultar em adiar ou evitar um determinado tratamento.

Coisas como agulhas, brocas ou o ambiente em si podem desencadear ansiedade.

Algumas condições de saúde mental, incluindo transtorno de ansiedade e transtorno de stresse pós-traumático ou uma história anterior podem aumentar o risco de uma pessoa sofrer de ansiedade odontológica. Outras condições, como depressão, transtorno bipolar ou esquizofrenia também podem aumentar o risco de ansiedade.


Sinais e sintomas de ansiedade odontológica

Pessoas com ansiedade odontológica podem experimentar:

  • hiperidrose

  • batimento cardíaco acelerado ou palpitações

  • pressão arterial baixa e possível desmaio (síncope)

  • angústia visível (choro, por exemplo)

  • humor excessivo para mascarar a ansiedade.


Como controlar a ansiedade Para começar é importante saber que, caso tenha algum nível de ansiedade odontológica, deve informar o seu dentista. Isto porque existem muitas formas de ajudar as pessoas a controlar a ansiedade ou fobia odontológica. Algumas técnicas incluem:

  • respiração profunda

  • meditação

  • distração (ouvir música ou usar dispositivos)

  • imaginação guiada

  • relaxamento muscular progressivo

  • articular com o dentista um sinal para pausar o tratamento

  • usar um objeto pessoal

  • hipnose