Branqueamento dentário em casa e no dentista. Quais as diferenças?

O branqueamento dentário tornou-se cada vez mais popular nos últimos anos. Embora os nossos dentes sejam, em geral, brancos, o esmalte pode ter vários tons e pode ficar descolorido ou manchado com o tempo. Se está a pensar fazer o clareamento dos dentes, certifique-se de conhecer os fatos sobre o processo. Também deve consultar o seu dentista para ter saber o melhor método de clareamento para sua situação específica.

O branqueamento funciona em todos os dentes?

Infelizmente, o clareamento não funciona em todos os dentes. Portanto, é importante verificar com o seu dentista para determinar o procedimento correto para seus dentes. Isto porque certos branqueadores podem não corrigir todos os tipos de manchas e descoloração. Por exemplo, os dentes amarelados costumam clarear bem, enquanto os dentes mais marrons podem não responder tão bem e os dentes com tons de cinza podem nem mesmo clarear.

Branqueamento dentário em casa

O branqueamento dentário em casa, também chamado de branqueamento em ambulatório, é a forma mais comum de aplicação de agente branqueador sobre os dentes. Neste tipo de branqueamento dentário, são entregues goteiras, feitas à medida, e o agente branqueador ao paciente. As goteiras devem ser utilizadas durante cerca de 2 a 3 semanas. E ao fim desses 15 dias, os resultados são sentidos. Lembre-se que a duração dos resultados varia muito entre pessoas.

Branquamento dentário no dentista Um branqueamento dentário externo em clínica consiste na aplicação de um agente branqueador sobre os dentes. Neste caso, é usada uma concentração bastante superior à que é utilizada nos tratamentos realizados em casa. Em clínica, a concentração deste gel ronda os 35%. O gel de branqueamento dentário externo em clínica, devido à sua ação poderosa e à concentração elevada, normalmente permanece em boca entre 30 a 60 minutos. Os resultados são logo sentidos após a sua remoção.